01 livro que mais parece filme: “Matéria Escura” – Blake Crouch

Você também passou por aquela situação em que acabou se apaixonando de cara por um livro só pela edição dele? Com “Matéria Escura” foi assim, meio amor à primeira vista depois de bater o olho na capa. Talvez por adotar o livro tão às escuras, a surpresa com o acerto foi grande.

Blake Crouch tem uma escrita bem direta e imagética, não é por acaso que também é roteirista. Para quem não sabe, o autor é o responsável pela série Wayward Pines e “Matéria Escura” já teve seus direitos vendidos para Sony. Ou seja, pode esperar um filme vindo por aí.

Transitando entre ficção científica e ação, o livro traz teorias aparentemente bem fundamentadas (pelo menos para quem é leigo, né non?) sobre multiversos – como The OA, sem a parte voltada para a fé. Acompanhamos o físico quântico Jason Dessen, que largou as pesquisas para dar aulas em universidade. Logo no começo, ele é raptado e vai parar em um universo praticamente igual ao seu – só que ao mesmo tempo não.

Sem dar spoilers, o que posso adiantar é que a leitura flui muito fácil até a parte das portas (que poderia ser encurtada). Também tenho mixed feelings com o final, mas não é nada que estrague a obra.

Caso você seja fã de filmes como Donnie Darko ou Efeito Borboleta, é uma leitura que vale muito a pena! Já leu esse? Conta nos comentários o que achou 😀

Bruna Manfré

não é boa com descrições.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *