“A Menina que Tinha Dons” – Resenha

maxresdefault

A editora Rocco não podia ter escolhido um livro melhor para lançar seu novo selo, o Fábrica 231, já deixando claro qual será a linha de publicação.

A menina que tinha dons é um livro que promete, não apenas pelo seu autor, M. R. Carey, conhecido pelos amantes de quadrinhos por ter escrito tanto para Marvel quanto para DC (e para um dos selos desta, a Vertigo), mas também pelo trecho peculiar, que faz você estremecer de curiosidade, que decidiram colocar na contra capa:

Todas as manhãs, Melanie aguarda em sua cela para ser levada à sala de aula. Quando os militares chegam para buscá-la, o sargento Parks aponta uma arma em sua direção, enquanto dois soldados a amarram a uma cadeira de rodas e a conduzem por um longo corredor. Ela não entende por que eles não gostam dela e brinca que vai mordê-los. Mas eles não acham engraçado. Querem apenas continuar vivos.

Melanie é uma criança de 10 anos, e a história vai sendo apresentada do ponto de vista dela, juntando pequenas peças para, aos poucos, formar um quebra cabeça maior. Onde Melanie está? O que aconteceu? O que há com Melanie e as outras crianças? A narrativa vai ficar mais densa e rica a medida que a garota vai evoluindo, e sempre que passa para um dos outros quatro personagens: sargento Parks, sra. Justineau, soldado Gallagher e doutora Caldwell.

Há poucos momentos em que a leitura se torna cansativa, mais no começo, quando a expectativa para algo dar errado desaparece por alguns poucos capítulos – mas depois daí, a história não para de crescer e você se encontra agarrando as páginas do livro, sempre querendo saber o que vai acontecer depois e depois.

Tem uma pegada diferente em um dos assuntos mais adorados (que não vou mencionar aqui, porque, apesar de você descobrir nas primeiras páginas, é interessante você juntar as pequenas dicas para saber do que estão falando – e se você é esperto, já tem uma boa ideia sobre o que é), e vale muito a pena a leitura se você gosta de história bem ambientadas e com pouquíssimos ou nenhum furo nas explicações oferecidas.

Título: A Menina que Tinha Dons
Autor(a): M. R. Carey
ISBN: 9788568432020
Editora: Fábrica 231 (Rocco)
Páginas: 384
Classificação: ★★★★★

Bells Cavalcanti

Fiction is a lie that tells us true things, over and over

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *