alô, galera de peão, quem gosta de Orville Peck bate forte com a mão

Se depender de Orville Peck, a ponte Barretos-Estados Unidos continua firme e forte. Com uma estética muito bem definida, o músico bebe de influências dos anos 50 e as transporta para seu universo country LGBTQ+.

Nesses últimos dias de Carnaval, o músico soltou o clipe para “Queen of the Rodeo”, dedicado para a comunidade LGBTQ+ que vive em meio ao universo dos rodeios – como sabemos, beeem machista.

Dirigido por Austin Peters, que já trabalhou com Haim, Chvrches e Bastille, o vídeo também traz “Roses Are Falling”, ambas as faixas saídas do debut “Pony”.

Em celebração ao primeiro álbum, ele segue em turnê, com presença garantida no Coachella e no Bonnaroo. Nos últimos tempos, Orville passou pelo Jimmy Kimmel, além de ser capa da GQ Style e destaque do “Up Next”, programa da Apple Music que seleciona as maiores revelações na música a cada mês.

Por aqui, o que mais marcou mesmo foi sua presença no VFILES, onde tocou “I Will Always Love You”, música que, pasmem, é originalmente da Dolly Parton.

Com uma surpresa atrás da outra, é difícil deixar de prestar atenção nos próximos passos do artista, que despontou como protegido de Mac DeMarco, mas já mostra potencial para alcançar o mainstream.

Bruna Manfré

não é boa com descrições.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *