Benedict Cumberbatch quer interpretar David Bowie

 

cumberbatch-bowie

Mais um da série “emails vazados da Sony”. Como todo mundo bem sabe a essa altura, o filme biográfico sobre a vida de Freddie Mercury está “em desenvolvimento” há quase uma década. Uma das últimas notícias que tivemos sobre o filme foi que Sacha Baron Cohen não escreveria, produziria e estrelaria o filme. Mas agora que o Wikileaks vazou os emails da Sony, surgiu uma informação a mais nessa história. A ex-presidente do Sony’s Motion Picture Group, Amy Pascal, se encontrou com o astro de Sherlock e vilão de Star Trek em janeiro de 2014. Um dos emails com o resultado dessa reunião é o seguinte:

benedict-flavorwire

Cleopatra” se refere ao filme com Angelina Jolie no elenco – aquele que deu o que falar quando os emails vazaram mostrando as tensões nos bastidores. Mas o destaque fica pro comentário sobre Bowie. Essa não é a primeira vez que Benedict expressa interesse no papel. Uns três meses depois da data desse email, o ator deu uma entrevista para a revista da British Airways, também comentando sobre isso.

“O personagem mais difícil de interpretar? Julian Assange. ‘Existe uma ambigüidade moral muito grande. Além disso, ele não se encontrou comigo, apesar de trocarmos alguns emails para eu tentar ver as coisas sob sua perspectiva’. O personagem que ele mais gostaria de interpretar? ‘David Bowie’.”

Com a notícia em mãos, Pascal logo entrou em contato com Graham King, produtor de vários filmes do Scorsese, incluindo “Gangs of New York” e “The Departed”, além de “Argo” e “World War Z”. Em vez de Cumberbatch, ela se refere ao ator como “cum batch”, abreviação nada carinhosa. Mas Graham parece não ter se empolgado muito e ainda aproveitou para dar uma alfinetada em Pascal: “O personagem nem está no script. Vamos conversar depois que você tiver a oportunidade de ler”.

Ela não se deu por vencida e disse que tinham que incluir uma cena com a colaboração Bowie-Queen para “Under Pressure”. A ideia veio de novembro de 2013, quando ela mandou um link dos vocais isolados da música para o co-presidente da Creative Artists Agency. “Eu faço o motorista de Nova York tocar essa música toda vez que estou voltando para casa bêbado”, respondeu Lourd.

E essas foram as duas pérolas que o vazamento de emails nos ofereceu: Benedict Cumberbatch como Bowie e um dos grandes nomes da indústria ouvindo Queen e Bowie, bêbado num carro particular.

Bruna Manfré

não é boa com descrições.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *