Black Mirror e suas histórias macabras futuristas

blackmirror1

Black Mirror é uma série britânica lançada em 2011, mas que foi colocada no Netflix só no ano passado. Não tão famosa, ela nos surpreendeu muito com suas histórias freaks e futuristas (e com aquele sotaque maravilhoso que só os britânicos possuem).

Imagine você ter o poder de rever suas memórias, só usando um pequeno controle? Ou poder ter seu falecido amado novamente ao seu lado?

Além de suas histórias macabras, também há uma sátira forte em relação ao futuro que estamos prestes a ter. De como a tecnologia irá nos transformar em pessoas menos humanas.

Listamos os nossos favoritos <3

SPOILER ALERT! Logo abaixo.

1ª temporada, 1º episódio – “The National Anthem”

A Princesa da Inglaterra é sequestrada por um maníaco e a única demanda para a libertação é: o Primeiro Ministro precisa fazer sexo com um porco em rede nacional.

E aí, será que essa obscenidade aconteceu?

 

blackmirror2

1ª temporada, 3º episódio –  “The Entire History Of You”

Nesse futuro, você possui um implante atrás da orelha que grava tudo o que você vê, ouve ou fala. Sendo assim, você pode rever suas memórias a hora que desejar.

Quando o protagonista, Liam, percebe que sua mulher pode estar o traindo, o uso desse dispositivo se torna essencial.

E vocês, o que fariam com um dispositivo desse?

blackmirror3

2ª temporada, 1º episódio – “Be Right Back”

Martha, a protagonista, perde seu marido em um acidente de carro e depois descobre que estava grávida dele.

Não conseguindo superar sua morte, ela contrata um serviço onde é mapeado tudo que seu amado colocou online e é feita uma cópia de sua personalidade.

No final deste serviço, você tem o direito de possuir um avatar de seu falecido amado. Se houvesse um serviço desse, você contrataria?

 

blackmirror4

Episódio especial de Natal – White Christmas

A história se inicia com dois homens isolados em uma casa. O primeiro, Matt, conta o porquê está lá e começa dizendo com o que trabalhava.

Nesse futuro, você pode contratar um serviço que mapeia sua mente, para, assim, ser gerado uma cópia de sua consciência com a obrigação de trabalhar para você. Matt configurava essa consciência para o cliente.

(Aqui também temos aquela brisa do episódio The Entire History Of You, onde tudo que você vê, ouve ou fala é gravado. Porém, nesse você também pode bloquear a pessoa. Quem não gostaria de poder fazer isso?)

blackmirror5

Então, ele concluí a história com um assassinato que participou.

O segundo homem, Potter, começa a contar o porquê está naquela casa também, comovido com a história de Matt. E acaba confessando um assassinato que cometeu também.

No final, Matt estava ajudando polícia a forçar a confissão de Potter sobre o assassinato cometido, dentro da cópia da mente dele.

blackmirror6

 

Muito louco, né? Estamos meio zonzos com essas histórias até agora.

Dizem que a nova temporada está por vir. Estamos aguardando ansiosamente <3

Isadora Campos

às vezes, mestiça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *