Charly Coombes (ING) mostra “Run” na Casa do Mancha

Foto: Rayana Coombes

Talvez você reconheça pelo sobrenome, mas Charly Coombes já tocou no 22-20’s e Supergrass antes de se lançar em carreira solo. Em março, lançou “Run” e é esse terceiro álbum que vai ditar o ritmo no show de sexta (30/junho) na Casa do Mancha.

A mistura de electro rock à influência dos anos 80 resultou num álbum mais obscuro, que reflete sobre amor, morte, dependência e obsessão. Encontramos referências musicais que vão de Talking Heads e The Cars até The Cure e David Bowie – a voz do último, inclusive, pode ser identificada em “SPX”. Charly resgatou uma entrevista do camaleão sobre o período em que morou em Berlim, mas, para mim, “Goldmine” é a faixa que mais se assemelha a seus trabalhos.

No palco, muitas das parcerias encontradas em “Run” se repetem. Estarão Pedro Pelotas (teclados – Cachorro Grande), Rodrigo Deltoro (baixo), Rafael Miranda (bateria), Neli Giorgi (vocais) e Tato Cunha (sax).

O show começa às 21h e os ingressos custam R$25, disponíveis apenas na hora. A Casa do Mancha fica na R. Felipe de Alcaçova, pertinho dos metrôs Fradique Coutinho e Vila Madalena!

Charly Coombes apresenta Run na Casa do Macha

Local: Casa do Mancha – R. Felipe de Alcaçova, 89 – Pinheiros
Data: 30 junho
Abertura da casa: 20H
Horário do show: 21H
Valor ingressos:
$25 (apenas na hora)
Formas de Pagamento (bilheteria e bar): dinheiro ou débito
Capacidade da casa: 100 pessoas
Censura: 18 anos

Bruna Manfré

não é boa com descrições.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *