Liam Gallagher acha que as bandas atuais tem que causar mais

Começou a divulgação de “Supersonic”, documentário do Oasis que tava em desenvolvimento por um tempo. Claro que, nas entrevistas, Liam Gallagher deu o que falar e virou manchete – não só por uma declaração, mas por várias. Dentre as muitas pérolas, acusou as bandas atuais de não estarem se comportando como rockstars.

Photo by Mark Metcalfe/Getty Images

Photo by Mark Metcalfe/Getty Images

E ele explica: qualquer banda que valha a pena não se faz só pela música. Para o Sunday Times, continuou “Se fosse sobre música, então teria o Coldplay. A coisa mais rock’n’roll que o Chris Martin fez foi usar uma jaqueta de couro. Eu pensei ‘vai, cara, é um começo’”.

Não parou por aí. Depois, ele comentou que “se tivesses seus vinte e poucos anos e alguém enfiasse um iPhone em sua cara, ele enfiaria no cu da pessoa… ou no próprio” e que a galera não tem desculpa para se comportar de forma tão adulta. Sobrou até pra condição financeira deles.

“Acho que isso vinha daquela coisa da classe operária. (…) Muita música hoje em dia é feita por crianças da classe média”.

Em outra entrevista, criticou Noel… De novo. Dessa vez, o tema era seu visual. Descobrimos também que ele tá trabalhando em um álbum solo, então podemos esperar mais polêmica e música boa por aí (será?), já que Liam adiantou que “vai por muita gente em seu lugar” com o que fizer sozinho.

Bruna Manfré

não é boa com descrições.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *