Melhores lançamentos literários de novembro

banner

Os lançamentos de novembro é quase um especial da editora Aleph: três dos quatros livros que separamos para vocês são deles, e um melhor que o outro!

Coração de Aço, Brandon Sanderson (11 de novembro, Aleph)
Sanderson é um queridinho dos fãs de literatura fantástica, lá fora e também por aqui. Mas Coração de Aço tem uma pegada diferente de seus outros livros, onde em um futuro meio distópico algumas pessoas receberam super poderes – não pensem que elas se tornam heróis como em uma história da Marvel, eles se tornam os maiores vilões que a terra já viu.

coracao-de-aco

Sétimo, André Vianco (11 de novembro, Aleph)
Todo mundo que aprecia livros de vampiro e autores nacionais conhece André Vianco, e Sétimo com certeza não é novidade nenhuma. A Aleph começou a relançar alguns livros de Vianco, a exemplo de Os Sete relançado em agosto, e claro que esse clássico não podia ficar de fora!

setimo

Forrest Gump, Winston Groom (11 de novembro, Aleph)
É difícil conhecer alguém que não tenha assistido Forrest Gump, o que não é tão difícil é encontrar pessoas que não sabiam que o filme foi baseado no livro de Winston Groom. No aniversário de 30 anos da obra, a Aleph está lançando o livro por aqui em uma edição ilustrada maravilhosa, e em capa dura!

forrest-gump

Os Románov: 1613-1918, Simon Sebag Montefiore (18 de novembro, Companhia das Letras)
Confesso que a primeira vez que eu ouvi falar desse livro, o que mais me chamou atenção foi a capa – não a nacional, mas a original que saiu lá fora -, mas depois a curiosidade foi batendo. Sei pouco sobre os Románov, e quando pensamos no antigo império russo a primeira coisa que vem a cabeça, pelo menos à minha, é Rasputin e, então, Anastasia (a animação mesmo). Quem já leu, diz que a história é contada de forma mais leve e didática, o que é essencial considerando as quase mil páginas do livro. (Aqui vale outra confissão: estou considerando comprar a edição americana só para ter uma capa bonita, já que vou temos que pagar caro de qualquer forma…)

os-romanov

Bells Cavalcanti

Fiction is a lie that tells us true things, over and over

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *