O luxo decadente em “A Outra Sra. Parrish” – Resenha


Sabe quando existe um hype gigantesco em cima de determinado livro ou série? Sempre desanimo e acabo deixando de lado até a febre passar. Foi assim com “Breaking Bad” e com Interpol, a banda. “Garota Exemplar” seguiu o mesmíssimo roteiro.

Apesar de toda a curiosidade, acabei deixando de canto e só agora o livro tá aqui, esperando na lista dos próximos. Em partes, a culpa é de “A Outra Sra. Parrish”.

Existem muitas comparações de um com outro e fiquei até feliz por não conhecer a obra ou acabaria jogando as expectativas lá em cima. Então, minha experiência acabou acontecendo meio no escuro, sabia só que podia esperar muitas reviravoltas durante o livro. Ah, e elas vieram.

A primeira parte passa toda do ponto de vista de Amber, sociopata que arquiteta um plano para roubar o marido da Sra. Parrish real oficial, Daphne. E ele se desenrola de uma forma tão simples e fácil que eu pensei seriamente em abandonar o livro. Ainda bem que segui as últimas páginas dessa fase, porque depois vem o twist maravilhoso.

Um dos grandes destaques desse livro é que não existe ponto sem nó. A mínima informação que você recebe em determinada parte é usada ou explicada posteriormente – sério, quanto mais lembro dos detalhes, mais impressionada fico.

Da metade até quase o final, a surpresa vem do ponto de vista de Daphne. Surpreende, também, a facilidade que as autoras tem para construir e desenvolver suas personagens, tão diferentes entre si.

Como assim “autoras”, você se pergunta. Acontece que “A Outra Sra. Parrish” é o resultado da parceria das irmãs Lynne e Valerie Constantine, que assinam como Liv Constantine. O thriller psicológico chegou a ser escolhido do mês no book club da Reese Witherspoon e virou best-seller lá fora, mas, por aqui, ainda figura nas listas de lançamento dos últimos meses.

Apesar de não incitar a criar teorias ou ficar com medo, o livro tem algumas passagens mais perturbadoras, incluindo abuso físico e psicológico, o que é sempre bom avisar para evitar gatilhos, né não?

Nota: ✮✮✮✮½

Onde encontrar? https://amzn.to/2rnwp82

 

Bruna Manfré

não é boa com descrições.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *