Quem é Sam Fender, aposta do BRITs Critics’ Choice 2019?

Estamos sempre de olho nos resultados de premiações, principalmente quando o assunto são novos artistas. Sam Fender, por exemplo, foi citado em mais de um lugar e acabou levando o troféu de artista revelação no BRITs Critics Choice Awards deste ano.

Não só isso, como também foi convidado para um dos showcases do SXSW, festival anual que reúne música, tecnologia e cinema em Austin.

Há quem compare seu som com o sucesso de Ed Sheeran – e até dá para entender, embora suas composições sejam bem mais profundas, abordando a masculinidade tóxica, futuros distópicos e millennials famintos por dopamina.

Durante 2018, ele rodou a Europa, tocando com o Blossoms e ganhando espaço em festivais como Reading and Leeds, Citadel, Y Not, TRNSMT e Kendal Calling. Também abriu para Ben Howard, Catfish And The Bottlemen e Hozier.

Às vésperas do SXSW, Sam lançou sua primeira música inédita de 2019: “Hypersonic Missiles”. A faixa teve sua estreia no programa da Annie Mac na BBC Radio 1. “Essa música começou quando vi o termo ‘Hypersonic Missiles’ nos jornais”, ele explica. “É um míssil recém-desenvolvido na Rússia que viaja a nove vezes a velocidade do som, o que significa que é praticamente impossível de parar”.

“Essa é uma canção de amor não muito ortodoxa. Seu maior foco é no mundo do narrador. Eles estão convencidos de que o mundo está em seu último suspiro, sabem que tem muita injustiça, mas se sentem incapazes de mudar. (…) Essas duas pessoas vão se divertir independentemente dos tiranos que dominam o mundo e do caos iminente”.

Bateu a curiosidade? Então dá o play no músico que já conquistou Matt Smith.

Bruna Manfré

não é boa com descrições.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *