Saiu lineup do Lollapalooza 2017!

O Lollapalooza Brasil acabou de anunciar o lineup de sua quinta edição, que será realizada nos dias 25 e 26 de março de 2017.

lolla17_poster

O festival ocorrerá mais uma vez no Autódromo de Interlagos, na capital paulista.

Tem atração para todas as idades e gostos, desde heavy metal, pop, indie até rap e post-punk. A surpresa dessa vez fica para o anúncio de um nome misterioso, que será confirmado em 16 de outubro. E aí, quais são suas apostas? Justice, Years & Years?

O Lollapass, que dá direito aos dois dias, já está no 2° lote e pode ser adquirido online aqui. Caso contrário, aguarde que em breve a T4F anunciará os shows divididos por dia.

Separamos quais desses artistas você não poderá perder:

Metallica

Dispensa apresentações, não é mesmo? A banda surgiu em 1981 na Califórnia e teve diversas formações. Possui 11 álbuns na bagagem e desembarca pela oitava vez em terras tupiniquins. Metallica tem um público muito fiel e inclusive já tocou no Rock in Rio. É daquelas bandas que, apesar de 35 anos de carreira, ainda consegue se manter muito bem no topo e atrair fãs mais novos devido à toda sua trajetória muito bem consolidada.

 

The Strokes

Com início em 1998, a banda reúne cinco integrantes que se conheceram em Nova Iorque. Essa já é a segunda passagem deles pelo país, onde foi também headliner em 2011 do finado Planeta Terra Festival. Eles receberam o título de “Salvação do Rock” em meados dos anos 2000 devido à sua proposta de resgatar aquele som sujo de garagem, bem despretensioso. O baterista Fabrizio Moretti, inclusive, é carioca da gema e já tocou com Rodrigo Amarante no Little Joy, seu projeto paralelo. Ainda que não estejam em sua melhor forma, esses nova-iorquinos certamente poderão contar com as altas expectativas do público neste retorno ao solo brasileiro.

 

The XX

Mais uma banda do tradicional berço londrino, que sempre traz ótimas revelações. The XX consiste na voz de Romy Croft, Oliver Sim no baixo e vocais, e Jamie Smith – mais conhecido como Jamie XX – nos beats e produção. A banda surgiu em 2005 e foi uma das apostas da NME quatro anos depois, quando alcançou o 6° lugar na lista. Essa será sua segunda aparição no Brasil, pois foram a atração principal do Popload Festival em 2013. Se você curte um synthpop, baixo muito marcante combinado com belas vozes,  é uma ótima pedida.

 

Two Door Cinema Club

Os irlandeses do TDCC são veteranos de Lollapalooza, estiveram presentes na última edição do festival que ocorreu no Jockey Club em 2013. Pela terceira vez por aqui, podemos aguardar algo novo da banda, visto que eles estão para lançar Gameshow, o primeiro  álbum de inéditas desde que saiu o EP Changing The Seasons,  há três anos. Se você está à procura de um show animado do começo ao fim, pode apostar neles!

 

Cage The Elephant

Os músicos de Kentucky batem cartão no festival! Tocaram em 2013 e em 2014, e para a alegria dos fãs, voltarão em 2017. Cage The Elephant é daquelas bandas que se adaptam muito bem ao mercado e aos públicos, porque seus álbuns tem uma transição muito interessante entre si. Se você prefere algo mais agitado, o homônimo é a melhor sugestão. Caso queira conferir uma fase mais soturna e intimista, Tell Me I’m Pretty é o ideal.

 

A dinamarquesa Karen Marie Ørsted volta aos nossos palcos para deleite dos brasileiros em pouco menos de 2 anos após sua primeira passagem por aqui. Com algumas parcerias de peso no currículo, como Major Lazer, Justin Bieber, Elliphant e Diplo, com certeza o público dessa vez será muito maior do que os que compraram ingressos para o crowfunding do Queremos! em 2015. Seu som é muito comparado ao da Grimes e Purity Ring. Apesar disso,  é bem única em sua forma de se apresentar no palco, que é muito envolvente tanto nas músicas mais eletrônicas quanto nas baladas românticas.

 

Catfish and the Bottlemen 

Esses galeses surgiram em 2007 e desde então têm feito aparições em grandes festivais como T in the Park, Pinkpop, Reading & Leeds, Governor’s Ball e Latitude. Eles ganharam o prêmio de revelação britânica no Brit Awards 2016 e com certeza merecem uma atenção especial quando você for ao Lolla. Possuem dois álbuns muito bem avaliados, The Balcony e The Ride, que atingiram boas posições nos charts mundiais.

 

Glass Animals 

Esses queridos estão na ativa há menos tempo comparado ao restante citado anteriormente, porque a banda surgiu em 2012. Glass Animals vem de Oxford, na Inglaterra, e é formada por Dave Bayley, Drew MacFarlane, Edmund Irwin-Singer e Joe Seaward. Seu debut álbum foi batizado de Zaba e ficou muito bem colocado nos charts do Reino Unido, Bélgica e Estados Unidos. O recém-lançado How To Be A Human Being chegou a ficar em 11° lugar na Austrália. O som pode ser comparado à uma junção de Friendly Fires com Portugal. The Man, porém com um vocal mais suave.

 

Tegan and Sara

Essa dupla também estreia no Brasil no próximo ano e se você curte um som mais synthpop, pode apostar que o show das irmãs Tegan and Sara será excelente! Elas estão na estrada há 21 anos e, além de serem artistas incríveis, são ativistas das causas LGBT. As canadenses já fizeram turnê com ninguém menos que Weezer, The Black Keys, Gogol Bordello, Death Cab For The Cutie, The Killers, Lady Gaga e Katy Perry.

 

Silversun Pickups

Mais uma banda de Los Angeles que vale muito a pena você dar uma chance! Silversun Pickups surgiu em 2000 e possui quatro álbuns de estúdio, com formação composta por Brian Aubert na guitarra e vocais, Nikki Monninger no baixo e vocais, Chris Guanlao na bateria e Joe Lester no teclado. Eles constantemente são comparados pela crítica especializada ao The Smashing Pumpkins e My Bloody Valentine, entretanto você pode tirar suas próprias conclusões!

E aí, qual dessas você está mais ansioso para conferir de pertinho?

Nicole Suto

take me back in the darkness.

Um Comentário:

  1. Pingback: E esse novo vídeo “Drum” da MØ, já viu? – SHELTER

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *