Lala Lala mergulha rumo a novos sons com “Diver”

A inglesa radicada em Chicago Lilly West é o grande nome por trás de Lala Lala, projeto que incorpora elementos da “música ambiente” do Brian Eno a um indie rock bem introspectivo. Com um background de artes visuais, ela passou para a música até meio tarde, mas, ao que tudo indica, pegou o jeito rápido.

“Quando eu me mudei para Chicago (para fazer o curso de artes), tinha uma cena local muito rica, e eu sempre gostei de fazer parte daquilo, então foi uma mudança natural”, ela explicou em uma conversa com Brandon Stosuy. “Assim, conseguia envolver outras pessoas em todas as partes do processo”.

Desde então, ela lançou dois álbuns e está se preparando para o novo “I Want The Door To Open”, previsto para o dia 8 de outubro. Dessa nova leva, pudemos ouvir “DIVER”.

Eu quero liberdade completa, abrir todas as possibilidades, ser aceita. Quero me apaixonar pela rocha”. E, por “rocha”, ela se refere ao mito de Sísifo, condenado a rolar uma rocha até o cume de uma montanha por toda a eternidade. “É fácil cair nessa de repetir os mesmos erros de novo e de novo, achar que somos Sísifo. A chave é se apaixonar pelo trabalho que é subir a montanha”. É aproveitar o processo, não só o resultado.

Embora o resultado, que você pode ouvir dando o play, seja de se apaixonar.

Bruna Manfré

não é boa com descrições.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *